RERCT 2017: Repatriação de recursos no exterior 2017-04-12T20:24:34+00:00
RERCT Dercat

RERCT 2 COMEÇOU – PRAZO ATÉ 31 DE JULHO DE 2017

Você tem recursos no exterior? Contate-nos, sem tempo a perder.

Porque nos escolher?

RERCT 2
0
0
Weeks
0
0
0
Days
0
0
Hrs
0
0
Min
0
0
Sec

RERCT Brasil: repatriação de recursos no exterior

Eles falam de nós

Valor Finanças 2016
Valor Economico

Exclusivo – DERCAT perguntas e respostas. Novo RERCT 2017 aberto

Enzo Caputo em “Jornal Nacional” (TV Globo)

Advogado e Professor Dr. Simões Bata, juntamente com o Advogado Suíço Dr. Enzo Caputo falam sobre os principais pontos da lei criada no Brasil em 15 de março de 2016, chamada RERCT – Regulamentação do Regime Especial de Regularização Cambial e Tributária.

O objetivo dessa lei é a regularização de valores, recursos, bens e investimentos no exterior que não foram declarados no Brasil, inclusive para contas bancárias em bancos da Suíça.

O RERCT oferece a oportunidade de legalizar o dinheiro fora do Brasil que não foi declarado.

De acordo com a regulamentação, poderá aderir ao RERCT a pessoa física ou jurídica, residente ou domiciliada no País em 31/12/2014.

No entanto, não podem aderir ao regime os detentores de cargos, empregos e funções públicas de direção ou eletivas, bem como os respectivos cônjuges e os parentes consanguíneos e afins, até o segundo grau ou por adoção, ou seja, não podem aderir ao RERCT 2 os funcionários públicos e seus familiares. As vantagens em aderir a este regime especial é a possibilidade da anistia de penalidades ou crimes fiscais.

Para o Governo, as vantagens do RERCT 2017 são: a possibilidade de maior arrecadação fiscal e; maior chance de repatriamento de divisas.

Importante – O período de adesão ao RERCT é de 04 de abril de 2016 até 31 de outubro de 2016.

Estamos a seu serviço,

Enzo Caputo